Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Vacinação contra Influenza prossegue em Santa Maria

Campanha de vacinação contra a gripe Influenza prossegue em Santa Maria.
Campanha de vacinação contra a gripe Influenza prossegue em Santa Maria. Foto: Arquivo PMSM

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (23), a Secretaria de Município da Saúde (SMS) de Santa Maria, por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde, decidiu continuar a campanha de vacinação contra a gripe para os grupos prioritários. A SMS contabiliza ainda sete mil doses em estoque, sendo assim possibilitada a ampliação de grupos a serem imunizados.

O novo cronograma de vacinação será realizado em três etapas. As doses serão aplicadas nas salas de vacinação das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Estratégia Saúde da Família (ESF), nos turnos da manhã e tarde (confira endereços aqui).

A nova etapa da campanha irá vacinar agentes de serviço público que realizam atendimento direto à população e apresentam vulnerabilidade no ambiente de trabalho (mediante comprovação de função e local de atuação).

De acordo com a Secretaria de Saúde, após o fim da campanha na última sexta-feira (20), a maioria dos grupos prioritários atingiu a meta estipulada (mais de 80% vacinados), com exceção das gestantes (68,3%) e crianças de seis meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias (78,96%). Por isso, os demais grupos de risco (puérperas até 45 dias após o parto; trabalhadores de saúde do público e privado; povos indígenas, a partir dos seis meses; indivíduos com 60 anos ou mais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida sócia educativa; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis) continuarão recebendo as doses.

De acordo com a superintendente de Vigilância em Saúde, Selena Michel, a vacina será aplicada conforme a disponibilidade de doses disponíveis, a ser avaliada após cada etapa. Selena reforça que a imunização será aplicada em indivíduos que pertençam aos novos grupos prioritários mediante comprovação da função e local de atuação. “Elaboramos o cronograma direcionando cada novo grupo para unidades de saúde específicas. Alguns grupos prioritários serão vacinados no próprio local de atuação, como servidores da Brigada Militar e agentes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana, por exemplo”, explica.

ETAPA I – de 23 a 25 de maio

Novos grupos: Serviços públicos que realizam atendimento direto ao público em geral, mediante comprovante de função e local de atuação.

– Polícia Civil: serão vacinados na UBS Itararé

– Polícia Federal: serão vacinados na UBS Itararé

– Brigada Militar: serão vacinados no local pela equipe da SMS

– Guarda Municipal: serão vacinados na UBS Itararé

– Secretaria de Município de Mobilidade Urbana (guardas de rua): serão vacinados na sede da Vigilância

– Professores estaduais: serão vacinados na UBS Centro Social Urbano

– Professores municipais: serão vacinados na UBS Erasmo Crossetti

– Professores Federais (UFMS): serão vacinados na UBS Wilson Paulo Noal

ETAPA II – de 30 a 31 de maio

Serviços públicos que realizam atendimento direto ao público em geral e apresentam  vulnerabilidade no ambiente de trabalho (áreas expostas ao meio ambiente), mediante comprovante de função e local de atuação. Locais de vacinação: a definir

– Secretaria de Município de Desenvolvimento Social

– Secretaria de Município da Saúde

– Defensoria Pública

– Secretaria de Município de Finanças

– Secretaria de Município de Desenvolvimento Urbano

– Secretaria de Município de Infraestrutura, Obras e Infraestrutura

– Secretaria de Município de Meio Ambiente

– Secretaria de Município de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Projetos Estratégicos

– INSS

– Câmara de Vereadores

– Exército

– SINE e IGP (Instituto Geral de Perícias)

 

ETAPA II – de 01 a 03 de junho

Serviços privados que realizam atendimento direto ao público em geral, mediante comprovante de função e local de atuação. Locais de vacinação: a definir

– Associação dos Taxistas

– Condutores rodoviários

– Revita (grupo vulnerável)

* As demais UBS e ESF do município continuarão atendendo somente os grupos de risco definidos para a campanha.

Texto: Ana Bittencourt (Mtb 14265)
Secretaria de Comunicação e Programação Institucional

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Campanha de vacinação contra a gripe Influenza prossegue em Santa Maria.
Campanha de vacinação contra a gripe Influenza prossegue em Santa Maria. Foto: Arquivo PMSM

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (23), a Secretaria de Município da Saúde (SMS) de Santa Maria, por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde, decidiu continuar a campanha de vacinação contra a gripe para os grupos prioritários. A SMS contabiliza ainda sete mil doses em estoque, sendo assim possibilitada a ampliação de grupos a serem imunizados.

O novo cronograma de vacinação será realizado em três etapas. As doses serão aplicadas nas salas de vacinação das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Estratégia Saúde da Família (ESF), nos turnos da manhã e tarde (confira endereços aqui).

A nova etapa da campanha irá vacinar agentes de serviço público que realizam atendimento direto à população e apresentam vulnerabilidade no ambiente de trabalho (mediante comprovação de função e local de atuação).

De acordo com a Secretaria de Saúde, após o fim da campanha na última sexta-feira (20), a maioria dos grupos prioritários atingiu a meta estipulada (mais de 80% vacinados), com exceção das gestantes (68,3%) e crianças de seis meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias (78,96%). Por isso, os demais grupos de risco (puérperas até 45 dias após o parto; trabalhadores de saúde do público e privado; povos indígenas, a partir dos seis meses; indivíduos com 60 anos ou mais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida sócia educativa; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis) continuarão recebendo as doses.

De acordo com a superintendente de Vigilância em Saúde, Selena Michel, a vacina será aplicada conforme a disponibilidade de doses disponíveis, a ser avaliada após cada etapa. Selena reforça que a imunização será aplicada em indivíduos que pertençam aos novos grupos prioritários mediante comprovação da função e local de atuação. “Elaboramos o cronograma direcionando cada novo grupo para unidades de saúde específicas. Alguns grupos prioritários serão vacinados no próprio local de atuação, como servidores da Brigada Militar e agentes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana, por exemplo”, explica.

ETAPA I – de 23 a 25 de maio

Novos grupos: Serviços públicos que realizam atendimento direto ao público em geral, mediante comprovante de função e local de atuação.

– Polícia Civil: serão vacinados na UBS Itararé

– Polícia Federal: serão vacinados na UBS Itararé

– Brigada Militar: serão vacinados no local pela equipe da SMS

– Guarda Municipal: serão vacinados na UBS Itararé

– Secretaria de Município de Mobilidade Urbana (guardas de rua): serão vacinados na sede da Vigilância

– Professores estaduais: serão vacinados na UBS Centro Social Urbano

– Professores municipais: serão vacinados na UBS Erasmo Crossetti

– Professores Federais (UFMS): serão vacinados na UBS Wilson Paulo Noal

ETAPA II – de 30 a 31 de maio

Serviços públicos que realizam atendimento direto ao público em geral e apresentam  vulnerabilidade no ambiente de trabalho (áreas expostas ao meio ambiente), mediante comprovante de função e local de atuação. Locais de vacinação: a definir

– Secretaria de Município de Desenvolvimento Social

– Secretaria de Município da Saúde

– Defensoria Pública

– Secretaria de Município de Finanças

– Secretaria de Município de Desenvolvimento Urbano

– Secretaria de Município de Infraestrutura, Obras e Infraestrutura

– Secretaria de Município de Meio Ambiente

– Secretaria de Município de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Projetos Estratégicos

– INSS

– Câmara de Vereadores

– Exército

– SINE e IGP (Instituto Geral de Perícias)

 

ETAPA II – de 01 a 03 de junho

Serviços privados que realizam atendimento direto ao público em geral, mediante comprovante de função e local de atuação. Locais de vacinação: a definir

– Associação dos Taxistas

– Condutores rodoviários

– Revita (grupo vulnerável)

* As demais UBS e ESF do município continuarão atendendo somente os grupos de risco definidos para a campanha.

Texto: Ana Bittencourt (Mtb 14265)
Secretaria de Comunicação e Programação Institucional