Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

O esporte vai além do futebol

“Boa noite ouvintes da rádio Caraí FM!”

“Está começando mais um Na banheira. Eu sou o Diogo Viedo.”

“E eu Bruno Tech. São 20h10 e os termômetros marcam 20º em Santa Maria.”

Foi assim, durante dois anos consecutivos que começava a noite dos jornalistas formados pelo Centro Universitário Franciscano, Bruno Tech e Diogo Viedo. Logo após a formatura em 2010, eles aceitaram o desafio de comandar um programa na rádio Caraí FM, uma rádio comunitária, localizada no bairro Urlândia, região Sul de Santa Maria.

“Eu e o Bruno começamos um programa lá, de segunda a sexta, e falávamos sobre futebol, o programa se chamava ‘Na Banheira’ e a pauta era apenas futebol. Falar só sobre futebol, porque o Brasil é o país do futebol, falar sobre futebol diariamente foi nos incomodando e nos instigando a fazer algo diferente”, afirma Diogo.

Ele conta que o portal de notícias esportivas nasceu dentro da Unifra. Sempre envolvidos em atividades de cunho esportivo dentro da academia e com interesse pelo esporte em geral, não apenas por futebol, foram motivados a desenvolver o projeto e colocar o portal EsporteSul no ar, em maio de 2012.

Colegas de profissão e amigos, Tech e Viedo fundaram um trabalho pioneiro no segmento esportivo no interior do estado. O portal acompanha diariamente mais de 40 esportes, do mountain bike à patinação artística, sempre dando visibilidade e espaço para todas as modalidades.

Jornalismo multimídia

O EsporteSul (ES) tem como característica a produção jornalística multimídia. Além de notícias e cobertura jornalística tradicional, o portal oferece conteúdo audiovisual, áudios, galeria de fotos e veiculação de jogos ao vivo. A empresa está sediada, desde o início, na Incubadora Tecnológica da Unifra e não tem data prevista para uma mudança de local.

A produção audiovisual do portal conta com entrevistas e bate-papo com atletas e pessoas relacionadas ao esporte. Entre elas, a secretária de Cultura, Esporte e Lazer de Santa Maria, Marta Zanella. A equipe ES é formada pelos fundadores e jornalistas, além de estagiários e voluntários, que são acadêmicos de jornalismo.

Um dos voluntários e colaborador do portal é o estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Felipe Michalski. O estudante é o setorista do Santa Maria Soldiers no ES, cobrindo e acompanhando todos os jogos e bastidores do time de futebol americano.

Felipe Michalski na cobertura da primeira edição do Gigante Bowl, a final do Campeonato Gaúcho, conquistada pelo Soldiers. Foto: Arquivo pessoal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um dos pioneiros quando o assunto é esporte, o portal de notícias esportivas busca mostrar o dia a dia dos clubes e atletas além de situar o leitor nas diversas modalidades. Para Michalski, o ES faz um jornalismo independente de qualidade e uma imensa cobertura de esportes. Em plena ascensão, o veículo está em busca de apoio para se expandir e se tornar referência no jornalismo independente e esportivo.

“São mais de 40 esportes que cobrimos – talvez não haja nenhum outro veículo no Brasil que consiga fazer isso de maneira tão regular”, afirma o estudante.

Sobre pautar outros veículos 

Durante esses cinco anos de muitas coberturas, reportagens e amor pelo esporte, o EsporteSul construiu fãs e pessoas que acompanham diariamente o portal, além de pautar outros veículos.

Com o surgimento do portal e o acompanhamento de mais de 40 modalidades, o ES pautou outros veículos da cidade, que com a ascensão e a cobertura diária de times de futebol americano, futsal, equipes de judô, entre outros, mostraram que o esporte vai além do futebol. Todos começaram a cobrir e noticiar modalidades que antes do Esporte Sul eram esquecidas.

“O jornalismo tem essa peculiaridade, se não tem a paixão envolvida, não adianta, e lapidou a gente trabalhar esse grande projeto, isso que os mostrou que tinha um caminho, um nicho que não era explorado, que era um veículo que fosse realmente democrático”, analisa Viedo.

Hoje portal está em ascensão. De acordo com as buscas no Google, é um dos portais de esporte mais procurado em Santa Maria.

 

Esta publicação é resultado de trabalho desenvolvido na disciplina Jornalismo Especializado I, do Curso de Jornalismo do Centro Universitário Franciscano, durante o primeiro semestre de 2017.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

“Boa noite ouvintes da rádio Caraí FM!”

“Está começando mais um Na banheira. Eu sou o Diogo Viedo.”

“E eu Bruno Tech. São 20h10 e os termômetros marcam 20º em Santa Maria.”

Foi assim, durante dois anos consecutivos que começava a noite dos jornalistas formados pelo Centro Universitário Franciscano, Bruno Tech e Diogo Viedo. Logo após a formatura em 2010, eles aceitaram o desafio de comandar um programa na rádio Caraí FM, uma rádio comunitária, localizada no bairro Urlândia, região Sul de Santa Maria.

“Eu e o Bruno começamos um programa lá, de segunda a sexta, e falávamos sobre futebol, o programa se chamava ‘Na Banheira’ e a pauta era apenas futebol. Falar só sobre futebol, porque o Brasil é o país do futebol, falar sobre futebol diariamente foi nos incomodando e nos instigando a fazer algo diferente”, afirma Diogo.

Ele conta que o portal de notícias esportivas nasceu dentro da Unifra. Sempre envolvidos em atividades de cunho esportivo dentro da academia e com interesse pelo esporte em geral, não apenas por futebol, foram motivados a desenvolver o projeto e colocar o portal EsporteSul no ar, em maio de 2012.

Colegas de profissão e amigos, Tech e Viedo fundaram um trabalho pioneiro no segmento esportivo no interior do estado. O portal acompanha diariamente mais de 40 esportes, do mountain bike à patinação artística, sempre dando visibilidade e espaço para todas as modalidades.

Jornalismo multimídia

O EsporteSul (ES) tem como característica a produção jornalística multimídia. Além de notícias e cobertura jornalística tradicional, o portal oferece conteúdo audiovisual, áudios, galeria de fotos e veiculação de jogos ao vivo. A empresa está sediada, desde o início, na Incubadora Tecnológica da Unifra e não tem data prevista para uma mudança de local.

A produção audiovisual do portal conta com entrevistas e bate-papo com atletas e pessoas relacionadas ao esporte. Entre elas, a secretária de Cultura, Esporte e Lazer de Santa Maria, Marta Zanella. A equipe ES é formada pelos fundadores e jornalistas, além de estagiários e voluntários, que são acadêmicos de jornalismo.

Um dos voluntários e colaborador do portal é o estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Felipe Michalski. O estudante é o setorista do Santa Maria Soldiers no ES, cobrindo e acompanhando todos os jogos e bastidores do time de futebol americano.

Felipe Michalski na cobertura da primeira edição do Gigante Bowl, a final do Campeonato Gaúcho, conquistada pelo Soldiers. Foto: Arquivo pessoal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um dos pioneiros quando o assunto é esporte, o portal de notícias esportivas busca mostrar o dia a dia dos clubes e atletas além de situar o leitor nas diversas modalidades. Para Michalski, o ES faz um jornalismo independente de qualidade e uma imensa cobertura de esportes. Em plena ascensão, o veículo está em busca de apoio para se expandir e se tornar referência no jornalismo independente e esportivo.

“São mais de 40 esportes que cobrimos – talvez não haja nenhum outro veículo no Brasil que consiga fazer isso de maneira tão regular”, afirma o estudante.

Sobre pautar outros veículos 

Durante esses cinco anos de muitas coberturas, reportagens e amor pelo esporte, o EsporteSul construiu fãs e pessoas que acompanham diariamente o portal, além de pautar outros veículos.

Com o surgimento do portal e o acompanhamento de mais de 40 modalidades, o ES pautou outros veículos da cidade, que com a ascensão e a cobertura diária de times de futebol americano, futsal, equipes de judô, entre outros, mostraram que o esporte vai além do futebol. Todos começaram a cobrir e noticiar modalidades que antes do Esporte Sul eram esquecidas.

“O jornalismo tem essa peculiaridade, se não tem a paixão envolvida, não adianta, e lapidou a gente trabalhar esse grande projeto, isso que os mostrou que tinha um caminho, um nicho que não era explorado, que era um veículo que fosse realmente democrático”, analisa Viedo.

Hoje portal está em ascensão. De acordo com as buscas no Google, é um dos portais de esporte mais procurado em Santa Maria.

 

Esta publicação é resultado de trabalho desenvolvido na disciplina Jornalismo Especializado I, do Curso de Jornalismo do Centro Universitário Franciscano, durante o primeiro semestre de 2017.