Autorizada mão de obra remunerada no feriado


Por Bibiana Iop

 

O baixo índice de vendas em Santa Maria no primeiro semestre deste ano deixou os lojistas preocupados, assim, apostando suas fichas nas datas comemorativas. O feriado deste sábado, 21 de abril, é uma oportunidade de bons negócios e a desautorização de funcionamento com mão de obra remunerada causa desconforto entre o varejo local. O Sindilojas Região Centro compartilha sua indignação e de seus associados e representados com o impedimento de funcionamento em um momento econômico tão delicado.

Em 16 de março, desse ano, o Sindilojas reuniu-se com o Sindicato dos Comerciários para propor oficialmente a abertura plena do comércio em todos os feriados do ano, com exceção dos dias 1º/05 (dia do trabalhador), 25/12 (Natal) e 01/01/2019. Assim, foi liberada a mão de obra remunerada para o funcionamento através do pagamento de R$65,00 pela jornada e compensação da folga em um prazo de trinta dias.

O Coordenador do Curso de Ciências Econômicas da Universidade Franciscana, Mateus Sangoi Frozza, afirma que, tendo em vista a conjuntura econômica e política, na qual o desemprego atinge 12,5% da população, a atitude em abrir o comércio pode vir a fortalecer a geração e principalmente a manutenção do emprego. O Sindilojas está a trabalhar na aceleração desse processo de finalização da Convenção Coletiva de Trabalho, através da busca por alternativas para abertura do comércio, em defesa dos interesses tanto do varejo, quanto dos consumidores e trabalhadores. Frozza ainda reforça que o comércio é um dos setores que mais “sofre” com a crise, pelo motivo que cada vez mais a decisão de compra está limitada a continuidade do emprego.

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *