Ações de capacitação em saúde visam melhor atendimento à população trans


Por Emanuely Guterres

 

Atividade para capacitação de atendimento à trans em Santa Maria. Foto: João Vilnei(PMSM)

Durante a tarde desta quarta-feira,21, no Núcleo de Educação Permanente em Saúde (NEPeS), aconteceu a atividade de capacitação de profissionais que desempenham suas ações nas unidades de saúde, em relação ao atendimento correto à população trans de Santa Maria. A ação recebeu o apoio da ONG Igualdade que tem como propósito combater todas as formas de preconceito, seja ele de cunho racial, sexual, social e de gênero, e está ativa em Santa Maria desde o ano de 2002.

A ONG Igualdade apresentou à Prefeitura de Santa Maria o projeto Transcender. O projeto proposto busca a criação de um programa de saúde que tenha como objetivo satisfazer as necessidades e as demandas de transexuais e transgêneros do município. Por isso, a Prefeitura está viabilizando a concretização de um ambulatório que deve funcionar junto à Policlínica Nossa Senhora do Rosário ainda no segundo semestre desse ano, com o auxílio de profissionais da rede.

A atividade contou com a presença de representantes de entidades de gênero do Estado. Quem enfatizou por meio de vídeos e relatos pessoais, as necessidades de os profissionais estarem em alerta para as necessidades das pessoas que procuram as unidades de saúde em busca de atendimento, foi Bruno Henrique Popko que atualmente trabalha na coordenadoria da Diversidade Sexual, do governo do Estado.  Popko explica a importância  que o atendimento qualificado a qualquer pessoa, passa pelo tratamento humanizado que é dado logo no momento de acolhimento.

Chris Siberino, Miss Trans Diversidade de Canoas, a professora Martha Souza, ativista e pesquisadora de questões de gênero e o advogado Alberto Barreto Goerch, presidente da Comissão da Diversidade Sexual e Gênero da Subseção Santa Maria também fizeram-se presentes tendo espaço para falar na atividade que ainda é novidade na cidade.

Representantes das secretarias de Saúde que integram a 4ª Coordenadoria Regional de Saúde participarão de nova iniciativa sobre a Saúde da Política LGBT, que irá acontecer dia 29 de agosto, das 13h30min às 17h no auditório da 4ª Cordenadoria Regional da Saúde. A próxima atividade abordará questões como à saúde LGBT, casos de violência e demais assuntos relacionados.

 

 

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *