Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Estudantes de Santa Maria promoveram espetáculo de ética e cidadania no Educação Fiscal em Cena

Alunos empenharam-se em transmitir mensagem sobre cidadania através do teatro. Foto: Vitor Mirailh

Na última terça-feira, 29 de outubro, foi realizado o 5º Festival de Educação Fiscal em Cena. O festival aconteceu no Avenida Tênis Clube, Santa Maria, que foi o palco de mostras de teatro apresentadas pelas escolas da cidade. O objetivo do evento é divulgar os trabalhos de prática teatral sobre o tema educação fiscal, desenvolvidos por estudantes do ensino fundamental e médio, de instituições que participaram do Programa Municipal de Educação Fiscal (PMEF). A iniciativa é uma parceria entre a Receita Federal do Brasil, Receita Estadual, 8ª Coordenadoria Regional de Educação e Câmara Municipal de Vereadores.

Oito escolas participaram do festival: a Escola Estadual Almiro Beltrame, e as escolas municipais EMEF Aracy Barreto Sacchis, EMEF CAIC Luizinho De Grandi, EMEF Hylda Vasconcellos, EMEF Lívia Menna Barreto, EMEF Pedro Kunz, EMEF Rejane Garcia Gervini e EMEF Vicente Farencena. As instituições transmitiram ao público mensagens de direitos e deveres, de repúdio à corrupção, à má aplicação dos recursos públicos, à sonegação de impostos e chamaram a atenção das pessoas para a busca de uma sociedade mais justa e igualitária.

Alunos, professores e familiares assistiram atentamente o espetáculo. Foto: Vitor Mirailh

O festival teve comissão julgadora. Entre eles, o delegado da Receita Federal do Brasil, Alexandre Rampelotto, a diretora administrativa do Theatro Treze de Maio, Ruth Sopher Péreyron, as secretárias do município da Educação, Silvana Guerino e da Cultura, Marília Chartune Teixeira, o professor do curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), José Renato Noronha, o diretor da Escola Municipal de Artes Eduardo Trevisan (EMAET), Iran Nunes e, representando a 8ª CRE, o professor Luiz Carlos Tonetto.

A coordenadora do PMEF, Rosaura Vargas, agradeceu às escolas participantes e fez menção ao engajamento entre alunos e professores, o que considerou responsável por tornar o Programa Municipal de Educação Fiscal uma referência no Brasil. O delegado Alexandre Rampelotto concordou com a coordenadora. “É muito emocionante presenciar o envolvimento dos alunos e o comprometimento dos professores para trabalhar de forma criativa o tema Educação Fiscal, através de peças teatrais. As apresentações do 5º Festival Educação Fiscal em Cena demonstraram a propriedade com que o assunto é tratado nas escolas de Santa Maria”, elogiou o delegado.

O 5º Festival de Educação Fiscal em Cena tornou-se referência nacional. Foto: Vitor Mirailh

A diretora administrativa do Theatro Treze de Maio salientou a importância do evento. “Estão de parabéns. Santa Maria deve se orgulhar por ter o Programa de Educação Fiscal. A iniciativa de promover esta “arte-educação” nas escolas é de extrema importância, alertando às nossas crianças o real valor dos impostos, do dinheiro, da honestidade e da cidadania”, explicou.

Os estudantes do 6º ano da EMEF Fontoura Ilha, que não puderam se apresentar no evento, estiveram presentes para prestigiar o trabalho das outras escolas. Os estudantes foram acompanhados pelo diretor Claiton Batianello. Demais alunos, professores e familiares dos estudantes-artistas somaram-se a eles na plateia.

Fonte: Prefeitura Municipal de Santa Maria.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Alunos empenharam-se em transmitir mensagem sobre cidadania através do teatro. Foto: Vitor Mirailh

Na última terça-feira, 29 de outubro, foi realizado o 5º Festival de Educação Fiscal em Cena. O festival aconteceu no Avenida Tênis Clube, Santa Maria, que foi o palco de mostras de teatro apresentadas pelas escolas da cidade. O objetivo do evento é divulgar os trabalhos de prática teatral sobre o tema educação fiscal, desenvolvidos por estudantes do ensino fundamental e médio, de instituições que participaram do Programa Municipal de Educação Fiscal (PMEF). A iniciativa é uma parceria entre a Receita Federal do Brasil, Receita Estadual, 8ª Coordenadoria Regional de Educação e Câmara Municipal de Vereadores.

Oito escolas participaram do festival: a Escola Estadual Almiro Beltrame, e as escolas municipais EMEF Aracy Barreto Sacchis, EMEF CAIC Luizinho De Grandi, EMEF Hylda Vasconcellos, EMEF Lívia Menna Barreto, EMEF Pedro Kunz, EMEF Rejane Garcia Gervini e EMEF Vicente Farencena. As instituições transmitiram ao público mensagens de direitos e deveres, de repúdio à corrupção, à má aplicação dos recursos públicos, à sonegação de impostos e chamaram a atenção das pessoas para a busca de uma sociedade mais justa e igualitária.

Alunos, professores e familiares assistiram atentamente o espetáculo. Foto: Vitor Mirailh

O festival teve comissão julgadora. Entre eles, o delegado da Receita Federal do Brasil, Alexandre Rampelotto, a diretora administrativa do Theatro Treze de Maio, Ruth Sopher Péreyron, as secretárias do município da Educação, Silvana Guerino e da Cultura, Marília Chartune Teixeira, o professor do curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), José Renato Noronha, o diretor da Escola Municipal de Artes Eduardo Trevisan (EMAET), Iran Nunes e, representando a 8ª CRE, o professor Luiz Carlos Tonetto.

A coordenadora do PMEF, Rosaura Vargas, agradeceu às escolas participantes e fez menção ao engajamento entre alunos e professores, o que considerou responsável por tornar o Programa Municipal de Educação Fiscal uma referência no Brasil. O delegado Alexandre Rampelotto concordou com a coordenadora. “É muito emocionante presenciar o envolvimento dos alunos e o comprometimento dos professores para trabalhar de forma criativa o tema Educação Fiscal, através de peças teatrais. As apresentações do 5º Festival Educação Fiscal em Cena demonstraram a propriedade com que o assunto é tratado nas escolas de Santa Maria”, elogiou o delegado.

O 5º Festival de Educação Fiscal em Cena tornou-se referência nacional. Foto: Vitor Mirailh

A diretora administrativa do Theatro Treze de Maio salientou a importância do evento. “Estão de parabéns. Santa Maria deve se orgulhar por ter o Programa de Educação Fiscal. A iniciativa de promover esta “arte-educação” nas escolas é de extrema importância, alertando às nossas crianças o real valor dos impostos, do dinheiro, da honestidade e da cidadania”, explicou.

Os estudantes do 6º ano da EMEF Fontoura Ilha, que não puderam se apresentar no evento, estiveram presentes para prestigiar o trabalho das outras escolas. Os estudantes foram acompanhados pelo diretor Claiton Batianello. Demais alunos, professores e familiares dos estudantes-artistas somaram-se a eles na plateia.

Fonte: Prefeitura Municipal de Santa Maria.