Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

O tatu que encantou o holandês

Selo da Feira do Livro de Santa Maria. Foto: Reprodução.
Selo da Feira do Livro de Santa Maria. Foto: Reprodução.

Na tarde desta terça-feira, 29, foi lançado o livro Marcelo, o Tatu-bola na Copa dos Animais, dos autores Mark Wever e Onilse Noal Pozzobon. O livro conta a história de um tatu que não tem a mesma habilidade para jogar futebol como os outros de sua espécie, mas encontra uma maneira de brilhar. Conforme o escritor, o livro inspira a ultrapassar limites para realizar atividades e sonhos.

O holandês Mark Wever é co-autor da obra sobre o tatu-bola.(Foto: Eveline Grunspan)
O holandês Mark Wever é co-autor da obra sobre o tatu-bola.(Foto: Eveline Grunspan)

Mark Wever, natural da Holanda, veio para o Brasil em 2012 em nome de sua pesquisa na área de Administração. O escritor afirma que “a literatura infantil é muito importante, pois é na infância que se desenvolve o interesse pela literatura”. Ele explica sua escolha pelo Tatu-bola e a coincidência com o mascote da Copa do Mundo do Brasil. “Eu escolhi o tatu, pois quando vi o animal pela primeira vez em 2009, no Mato Grosso do Sul, me encantei. No meu país não existe animal assim”.

Lançar a obra em inglês e búlgaro está entre os planos do escritor, já que sua mãe é natural da Bulgária. Marcelo, o Tatu-bola na Copa dos Animais é dedicado ao seu pai, Jaap Lever

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Selo da Feira do Livro de Santa Maria. Foto: Reprodução.
Selo da Feira do Livro de Santa Maria. Foto: Reprodução.

Na tarde desta terça-feira, 29, foi lançado o livro Marcelo, o Tatu-bola na Copa dos Animais, dos autores Mark Wever e Onilse Noal Pozzobon. O livro conta a história de um tatu que não tem a mesma habilidade para jogar futebol como os outros de sua espécie, mas encontra uma maneira de brilhar. Conforme o escritor, o livro inspira a ultrapassar limites para realizar atividades e sonhos.

O holandês Mark Wever é co-autor da obra sobre o tatu-bola.(Foto: Eveline Grunspan)
O holandês Mark Wever é co-autor da obra sobre o tatu-bola.(Foto: Eveline Grunspan)

Mark Wever, natural da Holanda, veio para o Brasil em 2012 em nome de sua pesquisa na área de Administração. O escritor afirma que “a literatura infantil é muito importante, pois é na infância que se desenvolve o interesse pela literatura”. Ele explica sua escolha pelo Tatu-bola e a coincidência com o mascote da Copa do Mundo do Brasil. “Eu escolhi o tatu, pois quando vi o animal pela primeira vez em 2009, no Mato Grosso do Sul, me encantei. No meu país não existe animal assim”.

Lançar a obra em inglês e búlgaro está entre os planos do escritor, já que sua mãe é natural da Bulgária. Marcelo, o Tatu-bola na Copa dos Animais é dedicado ao seu pai, Jaap Lever