Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Acessibilidade no ponto de táxi

Inovação, agilidade, acessibilidade e prestação de serviço definem a circulação de dois táxis adaptados em Santa Maria desde a última sexta-feira (2). A Prefeitura de Santa Maria liberou 13 novos táxis, dois quais dois estão adaptados para o transporte de deficientes físicos.  Os veículos podem se deslocar para vários lugares e conduzir até 4 passageiros, além de transportar uma pessoa em cadeira de rodas.  Estão localizados no ponto do Hospital de Caridade – com prefixo 303-, e no Pronto Atendimento do Patronato – prefixo 305.

_DSC0006
Táxi adaptado no ponto do Hospital de Caridade (Foto: Victória Martins/laboratório de fotografia e memória)

Há 15 anos na profissão, Dirceu Bibiano da Silva, conduz o automóvel adaptado do ponto do Hospital de Caridade, e até esta terça- feira realizou duas corridas com cadeirantes. ” A chegada desses veículos foi a melhor coisa que aconteceu, é prático e evita o constrangimento que muitos passageiros sentiam ao precisarem ser pegos no colo.” Segundo Dirceu, a definição dos motoristas que conduziriam tais veículos se deu por meio de sorteio.

Conforme o presidente da Associação de Condutores de Táxis de Santa Maria (ATASM), Volmar Arruda, os pontos escolhidos para os carros adaptados foi através de um estudo técnico feito pela  Secretaria de Mobilidade Urbana, que constatou nesses lugares maior solicitação.

Volmar confirma também a chegada de mais um carro adaptado dentro de 15 dias. Ele aguarda a liberação da empresa fabricante, que se localiza em São Paulo. O presidente da ATASM se diz contente com o que considera uma inovação na cidade, “Estamos somando para a população, fazemos a diferença através do nosso esforço”.

“Receberam de braços abertos, é o que todos esperavam e desejavam”, diz ainda Volmar quanto à receptividade das pessoas a esta adaptação dos automóveis. De acordo com a ATASM, são 157 novos veículos,sendo sete adaptados, que irão  circular na cidade. Ao todo, até o final do mês de outubro a frota vai contar com 326 carros, todos 0Km. Segundo Arruda, não foi necessário a realização de nenhum curso para o operação do equipamento.

LEIA TAMBÉM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Inovação, agilidade, acessibilidade e prestação de serviço definem a circulação de dois táxis adaptados em Santa Maria desde a última sexta-feira (2). A Prefeitura de Santa Maria liberou 13 novos táxis, dois quais dois estão adaptados para o transporte de deficientes físicos.  Os veículos podem se deslocar para vários lugares e conduzir até 4 passageiros, além de transportar uma pessoa em cadeira de rodas.  Estão localizados no ponto do Hospital de Caridade – com prefixo 303-, e no Pronto Atendimento do Patronato – prefixo 305.

_DSC0006
Táxi adaptado no ponto do Hospital de Caridade (Foto: Victória Martins/laboratório de fotografia e memória)

Há 15 anos na profissão, Dirceu Bibiano da Silva, conduz o automóvel adaptado do ponto do Hospital de Caridade, e até esta terça- feira realizou duas corridas com cadeirantes. ” A chegada desses veículos foi a melhor coisa que aconteceu, é prático e evita o constrangimento que muitos passageiros sentiam ao precisarem ser pegos no colo.” Segundo Dirceu, a definição dos motoristas que conduziriam tais veículos se deu por meio de sorteio.

Conforme o presidente da Associação de Condutores de Táxis de Santa Maria (ATASM), Volmar Arruda, os pontos escolhidos para os carros adaptados foi através de um estudo técnico feito pela  Secretaria de Mobilidade Urbana, que constatou nesses lugares maior solicitação.

Volmar confirma também a chegada de mais um carro adaptado dentro de 15 dias. Ele aguarda a liberação da empresa fabricante, que se localiza em São Paulo. O presidente da ATASM se diz contente com o que considera uma inovação na cidade, “Estamos somando para a população, fazemos a diferença através do nosso esforço”.

“Receberam de braços abertos, é o que todos esperavam e desejavam”, diz ainda Volmar quanto à receptividade das pessoas a esta adaptação dos automóveis. De acordo com a ATASM, são 157 novos veículos,sendo sete adaptados, que irão  circular na cidade. Ao todo, até o final do mês de outubro a frota vai contar com 326 carros, todos 0Km. Segundo Arruda, não foi necessário a realização de nenhum curso para o operação do equipamento.