Santa Maria, RS (ver mais >>)

Santa Maria, RS, Brazil

Unifra: 61 anos fazendo a história

Conjunto III do Centro Universitário Franciscano (Foto: Fernando Cezar/ Lab. Fotografia e Memória)
Conjunto III do Centro Universitário Franciscano (Foto: Fernando Cezar/ Lab. Fotografia e Memória)

Hoje, dia 27 de abril, o Centro Universitário Franciscano completa 61 anos de história. Em 1955 era fundado a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Imaculada Conceição (FIC) que daria origem a mais de seis décadas de construção da educação de Santa Maria.

Durante o percurso da Unifra, que também já foi Faculdades Franciscanas (Fafras), a instituição foi o cenário de muitas histórias e conquistas. Alunos, professores, funcionários e todos que passaram pelo campus guardam com carinho na memória as vivências no Centro Universitário.

Nesta quarta-feira (27), acontece o encontro de professores, realizado em parceria com a Associação de Professores Universitários de Santa Maria (Apusm), marcará a programação de aniversário. Já nos dias 28 e 29 desse mês serão realizadas atividades comemorativas para os acadêmicos nos campus I e III.

A ACS foi ouvir o que acadêmicos, funcionários e professores  recordam e pensam sobre a instituição. Ela serão publicadas ao longo do dia de hoje, numa homenagem à instituição e a sua comunidade.

Prof. Adilção Beust. Foto: Fernando Cezar
Prof. Adilção Beust. Foto: Fernando Cezar

Eu fui aluno da FIC e me formei em 1983 em Matemática. Em 1987 reingressei na FIC como professor. Antigamente, onde é o bar, tinha uma conexão entre o colégio Sant’Anna e a FIC. No intervalo de uma aula para a outra, as irmãs que moravam aqui nos davam um pastelzinho e um suco de lanche. Nosso trabalho era profissional, mas ao mesmo tempo éramos uma família“.   Adilção Beust,  professor de Matemática Aplicada na Unifra e coordenador da Coperves.

orlado
Prof. Orlando Agostta. Foto: arquivo pessoal

“Na condição de chefe de gabinete por quase 17 anos (hoje aposentado), posso testemunhar e destacar o empreendedorismo dos dirigentes do Centro Universitário Franciscano, representado pela liderança das irmãs Iraní Rupolo, Reitora e Inacir Pederiva, pró-reitora de administração. Por suas mãos, a coragem dos desafios e o espírito inovador foram a marca de uma gestão com visão de futuro e de responsabilidade diante dos desafios impostos pela conjuntura do país. Os 61 anos da UNIFRA representam o diuturno trabalho da congregação franciscana voltado para a formação e o aprimoramento da comunidade acadêmica.”      Orlando Renato Watimo Agostta, professor aposentado.

cassiano
Professor e jornalista Cassiano Scherner. Foto: arquivo

“À primeira vista, o que impressiona na Unifra não é o seu campus pujante mas sim, o potencial de crescimento que possui, tanto em nível estrutural como em questões pedagógicas. Fui professor do Curso de Especialização em Cinema e pude conferir de perto o trabalho qualificado que é desenvolvido pelos profissionais envolvidos na gestão dos cursos. Vida longa à esta instituição que é referência para Santa Maria e região!”                                                Cassiano Scherner, doutor em Comunicação, professor convidado para ministrar a disciplina “História do Cinema Brasileiro e Gaúcho no curso de Especialização em Cinema.

Ana
Profa. Ana Coiro, hoje na Faculdade Casper Líbero, em SP.

“A Unifra apareceu na minha vida como o primeiro emprego na área da Comunicação, logo após terminar o doutorado, em 2008. Foi um bom começo e me deu muita sorte, pois daí só saí para atuar em programas de pós-graduação. Hoje, professora na Cásper Líbero, em São Paulo, ainda curto nas redes sociais as notícias de ex-alunos e colegas! Feliz Aniversário, Unifra!”

 Ana Luiza Coiro Moraes, professora do PPG em Comunicação da Faculdade Cásper Líbero.

LEIA TAMBÉM

Uma resposta

  1. Tenho um amor especial pela Universidade em que aprendi a ser a educadora que me tornei. Além das disciplinas técnicas e pedagógicas, o mais relevante da educação Franciscana, é aprender a nós tornar cada vez mais humanos. Também tenho carinho e gratidão, pela Congregação, onde me ajudaram a educar, meu único filho, no Colégio Sant’Anna, onde hoje tornou-se o Grande ser humano e jornalista que é, Rafael Santos Serra. Não resido mais em Santa Maria, mas a cidade precisa comemorar e valorizar esta enorme riqueza. Obrigada, a Congregação das Irmãzinhas Imaculadas Conceição, Franciscanas. Amo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Conjunto III do Centro Universitário Franciscano (Foto: Fernando Cezar/ Lab. Fotografia e Memória)
Conjunto III do Centro Universitário Franciscano (Foto: Fernando Cezar/ Lab. Fotografia e Memória)

Hoje, dia 27 de abril, o Centro Universitário Franciscano completa 61 anos de história. Em 1955 era fundado a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Imaculada Conceição (FIC) que daria origem a mais de seis décadas de construção da educação de Santa Maria.

Durante o percurso da Unifra, que também já foi Faculdades Franciscanas (Fafras), a instituição foi o cenário de muitas histórias e conquistas. Alunos, professores, funcionários e todos que passaram pelo campus guardam com carinho na memória as vivências no Centro Universitário.

Nesta quarta-feira (27), acontece o encontro de professores, realizado em parceria com a Associação de Professores Universitários de Santa Maria (Apusm), marcará a programação de aniversário. Já nos dias 28 e 29 desse mês serão realizadas atividades comemorativas para os acadêmicos nos campus I e III.

A ACS foi ouvir o que acadêmicos, funcionários e professores  recordam e pensam sobre a instituição. Ela serão publicadas ao longo do dia de hoje, numa homenagem à instituição e a sua comunidade.

Prof. Adilção Beust. Foto: Fernando Cezar
Prof. Adilção Beust. Foto: Fernando Cezar

Eu fui aluno da FIC e me formei em 1983 em Matemática. Em 1987 reingressei na FIC como professor. Antigamente, onde é o bar, tinha uma conexão entre o colégio Sant’Anna e a FIC. No intervalo de uma aula para a outra, as irmãs que moravam aqui nos davam um pastelzinho e um suco de lanche. Nosso trabalho era profissional, mas ao mesmo tempo éramos uma família“.   Adilção Beust,  professor de Matemática Aplicada na Unifra e coordenador da Coperves.

orlado
Prof. Orlando Agostta. Foto: arquivo pessoal

“Na condição de chefe de gabinete por quase 17 anos (hoje aposentado), posso testemunhar e destacar o empreendedorismo dos dirigentes do Centro Universitário Franciscano, representado pela liderança das irmãs Iraní Rupolo, Reitora e Inacir Pederiva, pró-reitora de administração. Por suas mãos, a coragem dos desafios e o espírito inovador foram a marca de uma gestão com visão de futuro e de responsabilidade diante dos desafios impostos pela conjuntura do país. Os 61 anos da UNIFRA representam o diuturno trabalho da congregação franciscana voltado para a formação e o aprimoramento da comunidade acadêmica.”      Orlando Renato Watimo Agostta, professor aposentado.

cassiano
Professor e jornalista Cassiano Scherner. Foto: arquivo

“À primeira vista, o que impressiona na Unifra não é o seu campus pujante mas sim, o potencial de crescimento que possui, tanto em nível estrutural como em questões pedagógicas. Fui professor do Curso de Especialização em Cinema e pude conferir de perto o trabalho qualificado que é desenvolvido pelos profissionais envolvidos na gestão dos cursos. Vida longa à esta instituição que é referência para Santa Maria e região!”                                                Cassiano Scherner, doutor em Comunicação, professor convidado para ministrar a disciplina “História do Cinema Brasileiro e Gaúcho no curso de Especialização em Cinema.

Ana
Profa. Ana Coiro, hoje na Faculdade Casper Líbero, em SP.

“A Unifra apareceu na minha vida como o primeiro emprego na área da Comunicação, logo após terminar o doutorado, em 2008. Foi um bom começo e me deu muita sorte, pois daí só saí para atuar em programas de pós-graduação. Hoje, professora na Cásper Líbero, em São Paulo, ainda curto nas redes sociais as notícias de ex-alunos e colegas! Feliz Aniversário, Unifra!”

 Ana Luiza Coiro Moraes, professora do PPG em Comunicação da Faculdade Cásper Líbero.