JornalEco: alimentação e meio ambiente


Por Victoria Debortoli

 

A 21ª edição do JornalEco traz, em suas 16 páginas, a questão da alimentação muito além do prato (Foto: Diego Garlet)

A 21ª edição do JornalEco, produzido pelos alunos de jornalismo do 5º semestre na disciplina de Jornalismo Especializado I e orientado pela professora Andreia Fontana, traz como tema a alimentação aliada ao meio ambiente.

O jornal experimental proporciona, tanto aos alunos como aos leitores, uma experiência única de conhecimento. A sustentabilidade em pauta no JornalEco mostra à comunidade que a alimentação  também é uma forma de cuidar do planeta.

“É um tema bastante atual falar de alimentos saudáveis e cada vez mais as pessoas procuram mudar seus hábitos alimentares”, afirma Armando Agostini, um dos alunos responsáveis pela produção dessa edição. Para ele, o objetivo da publicação é informar e oportunizar novos conhecimentos sobre o assunto para os leitores.

O tema desta edição, escolhido pelos alunos, convida à reflexão. “Com certeza o que há de mais significativo é a especificação de uma temática que é extremamente necessária de ser pensada, debatida, questionada e que nós viemos, por meio dessa publicação, fazendo com que pelo menos em uma disciplina os alunos se dediquem a pensar meio ambiente, a buscar pauta, a se envolver nessa questão”, ressalta Sione Gomes, coordenadora do Curso de Jornalismo.

E foi isso que os alunos fizeram na disciplina de Jornalismo Especializado I: imergiram no assunto. “Penso que é importante o jornalista ‘cair de cabeça’ no material que está produzindo, afinal, o leitor merece um bom conteúdo. Busquei seguir esta lógica do início ao fim da produção de nosso jornal. A efeito de curiosidade, a imersão foi tamanha que, durante a produção de meu artigo, acabei por virar ovolacto (expressão, aliás, que até então desconhecia). Foi uma abertura de horizontes, sadia, plural e benéfica. Mais uma das mágicas de se trabalhar na área da comunicação, aquela de sair de sua zona de conforto e da exploração de seus arredores”, explica o acadêmico Iuri Patias, que participou da produção do jornal.

Para a estudante Natália Librelotto, o processo de elaboração do JornalEco é único. “A experiência é maravilhosa, porque mesmo que já tivéssemos contato com o impresso em outras cadeiras, a sensação de ‘fabricar’ o primeiro jornal é motivador”, comenta a estudante.

O JornalEco está disponível para distribuição gratuita nas entradas dos conjuntos da instituição, com os alunos responsáveis pela produção e na redação da Agência CentralSul, na sala 716C do prédio 14.

Deixe um comentário

Adicione o seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode acompanhar estes comentários (assinar) via RSS.

Seu e-mail nunca será divulgado, nem compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com *